Arte com café

Veja o que faço usando pó de café usado:

Tocha Olímpica

13735662_1073572312728423_7038041831329007141_o

Texto original da página da Associação Mico-Leão Dourado:
“Arte, Olímpiadas e Mico-Leão-dourado… por que não?

Para comemorar a passagem da Tocha Olímpica em nossa região, com a participação da Andreia Martins representando os esforços para a conservação do Mico-Leão-Dourado, a AMLD encomendou uma arte especial.

Produzida pelo artista plástico Marcos Aurélio Manga

(http://www.marcosaurelio.art.br ), esta colorida família de micos vai estampar a camiseta de nossas crianças e de muita gente que acompanhará a festa.

Muito obrigado, Marcos, e todos os patrocinadores que permitiram a produção das camisetas que serão doadas para a criançada.”

Desenho na manga!

Durante meus workshops ou palestras sobre arte, desenho ou criatividade eu costumo apresentar e demonstrar os procedimentos e processos usados para a produção de desenhos. Indo do esboço à finalização.

Porém é comum ser perguntado sobre alguma forma mais direta e objetiva para desenhar. Na verdade o interesse é desenhar sem rodeios, sem tantos esboços e de preferência desenhar já finalizando.

Usando a figura  abaixo como exemplo percebo que ao invés de entender e usar os conceitos representados pelas etapas 1, 2 e 3 bastaria apenas saber fazer a etapa 3.

etapa1_2_3 cópia

Bem, sou muito adepto do esboçar primeiro e definir depois …porém é possível aprender a montar desenhos previamente estudados para serem feitos por diversão e com grande margem de acerto.

Esses desenhos são feitos tendo como base uma estrutura simples e que, a partir de repetições,  podem ser produzidos de forma direta. Mas essa é uma solução temporária que impressionará as pessoas mas também poderá deixar claro que seu repertório e conhecimento em técnicas de desenho é limitado.

Eu preparei três desenhos diferentes para serem feitos por qualquer pessoa. Os esboços feitos durante a apresentação são mais para , numa primeira tentativa, explicar quais partes conectam-se com outras.

O conselho então é, divirta-se com essas sugestões de personagens e após isso comece a entender mais a importância de esboçar e planejar seu desenho e assim poderá desenhar qualquer coisa.

Abaixo seguem os respectivos vídeos que estão disponíveis em meu canal no Youtube.

Esse aplicativo me condenou pois estou adorando usá-lo.
logoSketch

Evito , evito mesmo, fazer parte da geração “Cabeça pra Baixo”. Essa geração de pessoas que passam mais tempo com a cabeça abaixada olhando para as telas de dispositivos móveis e menos alerta com o tráfego de veículos(maior risco de atropelamento) ou com os arredores onde, para a infelicidade dos moradores da Grande São Paulo, fez surgir uma nova modalidade de ladrões que usam bicicletas durante o crime em que levam de supetão o celular da vítima distraída.

bikeRouboCelular_02

Bom, segurança a parte, eu procuro limitar ao mínimo o uso do celular.

Como passo a maior parte do tempo de frente à tela do computador sempre aviso que é muito mais fácil me mandar um email do que mensagens whatsapp.

Por considerar-me da velha guarda eu prefiro trabalhar de forma bem básica justificando assim minha predileção por desenhar com lápis, caneta e papel durante a pré visualização de artes e projetos, seja o papel do caderno de desenho o uma folha avulsa qualquer. Na verdade a forma tradicional de desenhar chama muito minha atenção.

tradi001PQN

Mas, como tudo na vida sempre nos deparamos com um porém. No meu caso eu acabei por instalar o aplicativo para celular da Autodesk chamado Skechbook Express.

E agora fico procurando usá-lo ao máximo.

Acho que por ser uma versão mais simples se comparado com os programas da série Autodesk Sketchbook a versão EXPRESS tem o básico necessário para poder desenhar e ate mesmo ilustrar de forma prática e dinâmica. Sua interface , conforme a figura abaixo, possui:

1 – Visão geral do aplicativo aberto
2 – Menu Galeria
3 – Informações e Configurações
4 – Ferramentas
5 – Pincéis (inclusive com opção para escolher borrachas)
6 – Cor
7 – Canais
8 – Acesso aos botões de APAGAR, Última cor Usada, Conta gotas para escolher outra cor da própria imagem, seta vermelha para ação DESFAZ e seta verde para a ação REFAZ

Digital StillCamera

Em minha mesa de trabalho passo a maior parte do tempo usando meus tablets Wacom Bamboo, a DIY Cintiq(que eu construí) ou o bom e velho LE1700. O programa que mais tenho uisado são o Gimp (programa bitmap: www.gimp.org ) e o CorelDraw(artes vetorizadas).

DIYcintiqLEE

Confesso que relutei no começo mas o uso contínuo fez a curva de aprendizado para desenhar e pintar com os dedos sobre a tela de um celular ser mais rápido e regular..

DSC04388

Quando vou a clientes ou à minha oficina trabalhar em alguma peça tridimensional eu costumo fazer desenhos prévios e para aqueles que terão o acabamento digital eu procuro fazê-los  na tela do celular.

Seu uso é bem simples. E como uso muito o zoom para detalhar as formas acabo por perceber que o tamanho da tela não é um item limitador.

A poucos dias finalizei uma popart que fora concebida, os esboços iniciais, no celular tendo como tema o grande tubarão branco.

A partir de várias fotos encontradas em sites de busca passei a preparar pequenos esboços .

whiteSharkPQN

Esboços iniciais como estes ajudam a conseguir  melhor interpretação de movimento do animal.
Gosto de fazer os esboços deixando o traçado com pouca opacidade e como vou finalizar depois em outro programa uso a cor azul pois é  facilmente eliminada em programas de desenho digital por apresentar pouco contraste

Com a forma correta onde acredito ter captado a beleza de movimento do tubarão eu faço algumas marcações de cores para já pré-visualizar como será a aparência da arte finalizada.

whiteSharkPOPlayoutPQN

Eu procuro finalizar minhas poparts tanto de forma digital quanto tradicional.

No caso do grande branco eu escolhi finalizá-lo no programa vetorial Corel Draw.

whiteSharkPOPartPQN

A A

A grande vantagem dos programas vetoriais é que as artes produzidas não apresentam problemas de perda de resolução quando ampliados. Se padrão visual de qualidade mantem-se sempre o mesmo.

Já os bitmaps são limitados à resolução em que foram gerados e podem perder qualidade em ampliações. No exemplo abaixo podemos notar o serrilhamento quando a mesma imagem vai sendo ampliada onde tornam-se nítidas as bordas serrilhadas (pixels).

sharkResolu

Gosto de brincar com ícones para compor o fundo de meus trabalhos popart . São els que reforçam o tema principal e nessa arte entre outros está lá em cima uma homenagem ao pôster do filme Tubarão com a silhueta da garota nadando.

MPW-18721

Postei um vídeo novo no canal do Youtube, Vamos Desenhar, onde mostro o uso do Sketchbook Express como ótima ferramenta para produzir layouts rápidos. Nesse vídeo eu demontro como fazer um esboço rápido para um capa de revista fictícia .
Nesse trabalho faço uso da ferramenta TRANSFORMAR e mostro como ela deixa dinâmica a montagem  dos elementos que irão compor a imagem final.

E tudo começou na pontinha dos dedos circulando pela tela do celular …bem, nessa hora aceito também fazer parte da geração “Cabeça pra Baixo”. Fazer o que, tentei correr mas acabei sendo pego pela tecnologia móvel.n

P… Mário!

Nos anos 90 eu trabalhei na agência Técnica Comunicação uma das mlhores agências técnicas atuante no setor industrial.

Num intervalo qualquer eu resolvi fazer uma sequência de desenhos para homenagear duas figuras icônicas do escritório. Laércio e Mário(CEO e diretor de arte respectivamente) protagonizavam cenas hilárias de relacionamento. Os desenhos em versão gif animado fazem referência ao slogan mais usado naqueles dias. Um grande abraço ao mestre Laércio e ao saudoso Mario.

tecnica02

Darth Vader e o Elefante

dw elef

Hoje de madrugada assisti à pré-estréia de Star Wars – O Despertar da Força.

Foi SENSACIONAL!!

Mas antes de sair de casa eu me dei conta de que não tinha nenhuma camiseta de Star Wars. O que??

Nem pensar! Corri atrás de alguma camiseta lisa para fazer a mão algum personagem da saga para poder marcar presença com classe!!

Esse foi o melhor motivo para dar início ao meu canal no Youtbe para apresentar minhas idéias sobre arte, desenho e criatividade.

PopArt no papelão

DSC04298_001b

Usar o papelão como tela de pintura , ao meu ver, é uma das formas de agregar valor a um tipo específico de suporte através da arte.

Minha ideia inicial com a ação PopArt Sustentável é usar qualquer material não convencional para produzir meus originais.

Dessa forma tento incutir no público a ideia de que ao nosso redor esta uma enorme riqueza de materiais processados e que normalmente são descartados nas vias públicas justamente pelo não conhecimento do que fazer com eles após o uso.

Não penso apenas em reuso mas na valorização de materiais que irão demorar anos e muitas vezes décadas para decompor-se na natureza mas que – no meu caso – servirão para a produção de obras de arte.

CAM00164_001b

A produção do papelão demanda um consumo enorme de água para sua produção e durante o processo de reciclagem mais energia e água serão consumidos no processo.

Em minha produção artística de originais popart eu procuro – ao utilizar caixas de papelão –   recolher os resíduos que surgem durante o manuseio e  corte das chapas  para posteriormente utilizá-los em novos projetos .

As chapas resultantes receberão aplicação de tinta de parede a base de água. Aplico de duas a três demãos para criar uma superfície homogênea onde mais tarde serão feitos os desenhos iniciais a lápis.

DSC04262 cópia

Como as chapas tendem a curvar-se em direção da superfície umedecida eu pulverizo água no verso do papelão e em seguida coloco algumas ripas de madeira para que a superfície mantenha-se alinhada evitando assim sua deformação.

Por segurança eu deixo secar e descansar por pelo menos 24 horas.

agua001 cópia

Com a superfície seca e firme eu inicio os esboços para depois defini-los de forma mais precisa.

British Bands in PopArt

Nesse trabalho o tema escolhido representa as bandas inglesas da década de 60 que muito influenciaram músicos e bandas posteriores. O uso das cores azul e vermelho fazem alusão a bandeira inglesa e os ícones foram usados de forma minimalista.

Começo a pintura trabalhando com o fundo de cada arte. Serão aplicados formas ou ícones que irão reforçar o tema principal. Ao mesmo tempo vou compondo as cores nos rostos dos músicos prevendo o contraste que será criado com o uso da cor preta que irá definir as formas do primeiro plano de cada arte.

1200 cópiaB

Após a conclusão da pintura de todos os fundos inicio a finalização dos traços.

Para alguns detalhes eu uso tinta preta aplicada com pincel redondo fino mas a maioria dos traços são feitos utilizando-se uma caneta Posca na cor preta.

DSC04308 cópiaB

O próximo passo após a pintura é a montagem  das obras sobre chassi de madeira. Cada folha de papelão é dobrada e grampeada. O aspecto visual das obras lembram muito a das telas de algodão montadas.

Cada arte tem sua característica em particular.

“The Yardbirds”

BB_TheYardbirdsB

Representa uma foto clássica da banda na formação de 1966 com os integrantes Jeff beck, Jimmy Page, Chris Dreja, Keith Relf e Jim McCarty e o cenário de fundo é o toldo icônico e característico do Bar e Club londrino The MARQUEE. Sobre os dois incríveis guitarristas que saíram posteriormente da banda Jeff Beck montou o Jeff Beck Group que tinha os músicos britânicos Ronnie Wood que veio a integrar mais tarde o Rolling Stones e o vocalista Rod Stewart. Hoje tem carreira solo. O guitarrista Jimmy Page mais tarde fundou o Led Zeppelin.

“The Animals”

BB_TheAnimalsB

Representa uma foto clássica da banda na formação de 1964 com os integrantes Alan Price, John Steel, Chas Chandler, Hilton Valentine e Eric Burdon ao centro. Ao fundo esta representada o detalhe da fachada do Club A Go GO Jazz Club local da primeira apresentação da banda e localizada na cidade natal da banda NewCastle upon Tyne, mais conhecida apenas como newCastle, ao norte de Londres. A banda The Animals surgiu entre 1962 e 1963 e segundo o vocalista Eric Burdon o nome foi uma homenagem a um antigo amigo de turma conhecido como ANIMAL Hogg. Foi uma banda que, assim como The Rolling Stones, adotaram o estilo Rhythm´n´Blues e o popularizou ao grande público.

“The Kinks”

BB_TheKinksB

Representando uma foto clássica da banda na formação de 1964 com os integrantes Pete Quaife, Dave Davies, Mike Avory e Ray davies. Ao fundo esta representado o detalhe de um edifício em Muswell Hill , local onde a banda surgiu em 1963 e que é um suburbio ao norte de Londres. O album da banda Muswell Hillbillies de 1971 é uma homenagem ao local. É uma das bandas mais influentes do rock e pertenceu ao movimento chamado na época the British Invasion nos Estados unidos.

” The Rolling Stones”

BB_TheStonesB

Representa uma foto clássica da banda na formação de 1962 com os integrantes Charlie Watts, Mick Jagger, Keith Richards, Bill Wyman e Brian Jones. Uma das bandas londrinas mais influentes do rock e representativas da British Invasion na década de 60. Surgiu em Londres e seu logotipo, a boca aberta com a língua de fora, é um dos ícones mais simbólicos do rock and roll.

“The Who”

BB_TheWhoB

Representa uma foto clássica da banda na formação de 1964 com os integrantes Pete Towshend,Keith Moon , Roger Daltrey e John Entwistle. Uma banda londrina que, segundo seus integrantes, fazia parte do movimento Pop Art e nessa pintura usei o logotipo da banda, o“Target”, para compor o fundo da arte. O The Who é considerado como umas das mais importantes e influentes bandas de rock. ”

O universo musical é amplo e abrange vários estilos e num segundo momento outras bandas serão ilustradas.

Stan Lee: O homem Icônico

Adoro esse cara!

stan01

Dentro do Elmo Negro

elmoPQN

GIF Animado

borbs01