Durante meus workshops ou palestras sobre arte, desenho ou criatividade eu costumo apresentar e demonstrar os procedimentos e processos usados para a produção de desenhos. Indo do esboço à finalização.

Porém é comum ser perguntado sobre alguma forma mais direta e objetiva para desenhar. Na verdade o interesse é desenhar sem rodeios, sem tantos esboços e de preferência desenhar já finalizando.

Usando a figura  abaixo como exemplo percebo que ao invés de entender e usar os conceitos representados pelas etapas 1, 2 e 3 bastaria apenas saber fazer a etapa 3.

etapa1_2_3 cópia

Bem, sou muito adepto do esboçar primeiro e definir depois …porém é possível aprender a montar desenhos previamente estudados para serem feitos por diversão e com grande margem de acerto.

Esses desenhos são feitos tendo como base uma estrutura simples e que, a partir de repetições,  podem ser produzidos de forma direta. Mas essa é uma solução temporária que impressionará as pessoas mas também poderá deixar claro que seu repertório e conhecimento em técnicas de desenho é limitado.

Eu preparei três desenhos diferentes para serem feitos por qualquer pessoa. Os esboços feitos durante a apresentação são mais para , numa primeira tentativa, explicar quais partes conectam-se com outras.

O conselho então é, divirta-se com essas sugestões de personagens e após isso comece a entender mais a importância de esboçar e planejar seu desenho e assim poderá desenhar qualquer coisa.

Abaixo seguem os respectivos vídeos que estão disponíveis em meu canal no Youtube.